terça-feira, 28 de julho de 2015

16 DE AGOSTO- CHEGA DE CORRUPÇÃO E DE MENTIRA DO PT- COMPARTILHEM ESTE VÍDEO




 
 
......................

16 DE AGOSTO- CHEGOU A HORA DE BOTAR O LIXO PARA FORA




 
 
 
.............................

VÍDEO- VEM PARA RUA- 16 DE AGOSTO- REPASSEM





 
 
.....................

16 de Agosto- VÉM PARA RUA - Vamos depor esta quadrilha!


Lewandowski solta da cadeia donos do Banco Rural que foram presos no mensalão


É de se lembrar ainda aos petralhas que a corrupção existe em todo mundo, mas não a IMPUNIDADE.


.................

Ninguém vai noticiar isto? Dilma é citada e vira ré em ações judiciais nos EUA



Ninguém vai noticiar isto? Dilma é citada e vira ré em ações judiciais nos EUA


"O que era previsto, aconteceu: Dilma é ré em um processo nos Estados Unidos. Tudo isso em decorrência dos escândalos de corrupção envolvendo a Petrobrás. Os desvios e esquemas de corrupção na maior empresa brasileira ocorreram enquanto a atual Presidente da República era ministra."
"Dilma não admitiu, mas em sua última viagem aos EUA, quando foi recebida pelo presidente Obama, foi citada no proce...sso e teve de assinar a intimação por estar em território americano."

"Com isso, o Brasil pode ter suas reservas em solo americano confiscados. São mais de 300 bilhões de dólares, alocados em títulos, que podem simplesmente deixar de pertencer ao Brasil, confiscados para liquidar as dívidas contraídas pela desvalorização da Petrobrás. O crime de responsabilidade fiscal será evidente e ela não poderá continuar no poder! É a melhor forma de limpar a sujeira que vem ocorrendo nesses treze anos de PT no poder. Chega!"


.......

Assim, sim! CPI quer quebrar sigilo bancário do autor de “Dilma Bolada” e investigar guerrilha petista na internet

clique na gravura para ampliação
A coluna Painel, da Folha, informa:


“A CPI dos Crimes Cibernéticos, proposta pelo PT, vai se tornar um tiro no pé do governo e do partido. Eduardo Cunha nomeará Mariana Carvalho (PSDB-RO) para a cúpula da comissão.


O foco das investigações será a chamada guerrilha petista na internet. A CPI quer quebrar o sigilo bancário do autor da personagem Dilma Bolada e vasculhar ações contra Aécio Neves na campanha de 2014.”


Maravilha. Essa é uma das CPIs que os petistas inventaram só para atravancar a do BNDES e dos Fundos de Pensão. Agora as três vão investigar o PT.


O autor de Dilma Bolada é Jeferson Monteiro, que, só para o primeiro turno das últimas eleições,
teria recebido R$ 500 mil do partido.


Na semana passada, como
mostrei na TVeja, ele orientou os militantes virtuais petistas a enganar a equipe digital de Cunha para demonizá-lo no Facebook.


O mínimo que Cunha e a CPI podem fazer é descobrir quanto (e como) Jeferson ganha do PT para promover ataques sujos aos adversários do partido.

domingo, 26 de julho de 2015

NÃO. ELES NÃO TÊM VERGONHA NEM REMORSO




São crentes de uma ideologia de purificação.
Tal como o nazifascismo alemão,  eles elegeram o 

liberalismo ocidental 

como inimigo a ser exterminado e,

 assim, toda a violência política 

e intolerância social passaram a ser virtudes.
Estes cordeiro do deus Brahma, são açulados pelas
milícias do partido, seus cães de guarda alimentados com 

fartas rações de dinheiro público. 

Sacam milhões para a tarefa assassinar 

 reputações dos "inimigos". Ou seja, aquele possam ameaçar
sua arrancada para a tirania absoluta, sob o disfarce de
democracia sustentada  por miseráveis, convalidada por
votos carimbados na caixa preta da urna eletrônica.

Seu profeta, um arrivista, de cuja biografia só se pode destacar

 a pregação da ignorância, a covarde delação de companheiros 

de ofício e este sintomático desprezo pelas instituições, e, 

claro, sua certeza (hoje cambaleante) 

da impunidade para si e seus asseclas)


MORATÓRIA


 


É a única luz no fim do túnel.
Se é que ainda há túnel.
Mídia cooptada e bem paga continua preferindo porcentuais aos números reais. A conta de juros este ano deverá passar a barreira dos 400 bilhões de reais. Quem vai cobrir a diferença? O FMI já tem outras encrencas com populistas. Os US$ 100 bilhões que Palocci e agora Levy querem esquentar
depositados por narcos, corruptos e outros sócios do PT dariam até um certo fôlego. O estranho, muito estranho, é que sobre as decantadas reservas cambiais ninguém mais fala. Na prática, derreteram.

É o fim do PT




Vítima de corrupção generalizada, falência dos truques econômicos, insuficiência mental e raquitismo administrativo, o segundo mandato de Dilma morreu nos trabalhos de parto, E a hora do enterro chegou, acaba de avisar a pesquisa divulgada pela Confederação Nacional dos Transportes. Os mágicos de picadeiro foram demitidos pelo povo cansado de embuste. Lula é derrotado em todas as simulações da sucessão presidencial. O índice de popularidade de sua afilhada é menor que a taxa de inflação. Oito em cada dez brasileiros acham o governo ruim ou péssimo. Mais de 60% querem que Dilma abandone o emprego.

A DITADURA PETRALHA - COVARDE E DISSIMULADA


 
A ditadura militar oprimiu pela violência e pelos golpes extrainstitucionais; o PT oprime por meio da ignorância e dos golpes intrainstitucionais, caso do encontro clandestino entre Dilma Rousseff e Ricardo Lewandowski, em Portugal, para combinar uma estratégia para melar a Lava Jato e evitar o impeachment da petista...

: O aumento da fortuna e do prontuário de Fernando Collor prova que por trás do Lula pai dos pobres existe um Lula mãe dos ricos


Lula recita de meia em meia hora que só pensa nos pobres. Mas o farsante que inventou o Brasil Maravilha rsempre encontrou tempo para enriquecer, garantir a prosperidade da família e aumentar a fortuna de amigos já milionários. Fernando Collor, por exemplo, foi premiado com uma diretoria da BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras.

Numa negociata desvendada pela Operação Lava Jato, embolsou 20 milhões de reais. Essa e muitas outras maracutaias em que se meteu justificaram a operação da Polícia Federal que deixou  “indignado” o ex-presidente defenestrado do Planalto por vontade popular. Muito maior é a indignação do Brasil decente, ultrajado pelas delinquências protagonizadas em parceria porLula e Collor.

O Ministério Público Federal apontou a vida de alto padrão e os presentes de luxo, como uma Land Rover avaliada em R$ 200 mil dada para o ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró (Internacional)



O Ministério Público Federal apontou a vida de alto padrão e os presentes de luxo, como uma Land Rover avaliada em R$ 200 mil dada para o ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró (Internacional), como forma o de o suposto operador de propinas do PMDB Fernando Antonio Falcão Soares, o Fernando Baiano, ocultar dinheiro desviado da Petrobrás.

LEIA A ÍNTEGRA DAS ALEGAÇÕES FINAIS DA PROCURADORIA

“Expediente utilizado por Fernando Soares para a ocultação/dissimulação da origem criminosa dos valores que repassava à Nestor Cerveró era o oferecimento de ‘presentes’ ao ex-diretor da estatal”, sustenta a força-tarefa da Operação Lava Jato, nas alegações finais da ação penal em que o ex-diretor e o operador, supostos elos do PMDB na estatal, respondem pelo recebimento de US$ 40 milhões, por dois contratos de navios-sonda da Petrobrás.

“Em 27 de julho de 2012 o acusado Fernando Soares, para encobrir o pagamento de vantagem indevida devida a Nestor Cerveró, fruto dos crimes acima mencionados, negociou e comprou em favor de Nestor Cerveró e de sua esposa, Patrícia Cerveró, o veículo Land Rover Evoque Dynamic 5D”, informa o Ministério Público Federal.

+ Lava Jato pede condenação de Cerveró e Baiano em ação que Cunha foi citado

Para a força-tarefa não há dúvidas de que o veículo nunca foi pago pela mulher de Cerveró, como sustentou a defesa do casal, quando ele foi preso em janeiro. O ex-diretor está detido em Curitiba.

Para ocultar e dissimular a origem criminosa dos valores relativos a esse bem, tal automóvel foi registrado em nome da mulher do ex-diretor da Petrobrás. “Mesmo tendo sido Fernando Soares o responsável pelo pagamento”, diz o MPF, no pedido de condenação dos acusados por corrupção e lavagem de dinheiro.

Ele mesmo utilizava, segundo o pedido de condenação do MPF, quatro camionetes de luxo: três Land Rover e uma Toyota Hilux.

Empresas de fachada

Para tentar ocultar a origem e propriedade dos valores movimentados para Cerveró e para seu próprio patrimônio, a Procuradoria da República informa que existem “diversas provas que indicam a utilização” de duas empresas de fachada, a Hawk Eyes e a Technis, por Fernando Baiano.

“Ambas empresas eram utilizadas para ocultar e dissimular o imenso patrimônio que Fernando constituiu após a intermediação da propina das sondas”, escrevem os nove procuradores da força-tarefa da Lava Jato.

A própria residência de Fernando Baiano, no Rio, é citada dado como exemplo do conforto do operador. “Trata-se de uma cobertura do bloco 1 do Condomínio Parque Atlântico Sul (antigo Edifício Vieira Souto), localizado na Av. Lúcio Costa, 3600, Barra da Tijuca, um dos mais luxuosos da cidade.”

A cobertura de luxo do operador do PMDB está em nome da Hawk Eyes. As empresas foram usadas também para compra da Evoque de Cerveró, as outras três caminhonetes que ele mesmo utilizava, bem como para o recebimento de parte dos US$ 40 milhões recebidos do lobista Julio Gerin Camargo, em nome do estaleiro coreano Samsung Heavey Industries.

A Hawk Eyes, que era uma empresa de papel como a Technis, também serviu para registro da uma lancha de 55 pés, chamada “Cruela 1”. “A qual possui dois motores de 800 HP e capacidade para 18 passageiros, e que custa em média R$ 4,5 milhões”, diz a Procuradoria.

“Por ‘coincidência’ esta lancha foi adquirida de Otávio Marques de Azevedo, ex-presidente do grupo Andrade Gutierrez, que atualmente encontra-se preso preventivamente na Polícia Federal em Curitiba”, afirma o Ministério Público Federal em alegações finais no processo.

Os procuradores apontaram, além do imóvel “de altíssimo padrão” em que Fernando Baiano morava, a compra de “uma mansão de veraneio” no condomínio Vale do Segredo, na Praia de Trancoso/Arraial D’ Ajuda, em Porto Seguro (BA) – em nome da empresa Technis.

Lavagem moderna

A prática de ocultação de valores e bens em carros de luxo, imóveis e presentes como quadros, auxiliam a compreender o esquema criminoso desbaratado na Petrobrás, por meio do qual partidos e políticos desviavam de 1% a 3% do valor dos contratos, em conluio com empreiteiras.

“Como próprio nestes tipos de crime, complexos por natureza, foram empregados pelos réus várias tipologias de lavagem de dinheiro reconhecidamente utilizadas nesse tipo de delito. Isso é sinal do alto nível de sofisticação dos instrumentos usados, com a combinação de várias técnicas de lavagem, em especial, a técnica do trade based money laudering, de offshore (técnica de uso de terceiros) e de estruturação”, afirmam os procuradores da Lava Jato.

As alegações finais do MPF no processo representam a etapa derradeira da ação penal, que será julgada nas próximas semanas pelo juiz federal Sérgio Moro.

Foi nesse processo em primeiro grau que o lobista Julio Camargo, após ser reintimado a pedido do operador de propina do PMDB Fernando Baiano, afirmou que pelo menos US$ 5 milhões dos US$ 40 milhões de propina tiveram como beneficiário o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Por causa da citação, a defesa de Cunha pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que impeça o juiz Sérgio Moro de julgar a ação penal e que ela seja levada para a Corte máxima do Judiciário, por envolver seu nome – como parlamentar, o presidente da Câmara só pode ser julgado pelo Supremo.

Para o MPF, “são vários os elementos que indicam a prática, por parte de Júlio Camargo, Fernando Soares, Nestor Cerveró e Alberto Youssef, todos em conluio e com unidade de desígnios, de atos de ocultação e dissimulação da natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente, das infrações penais por eles praticadas em face da Petrobrás”.

 

DILMA, A CÍNICA




Na Venezuela, o governo de Nicolás Maduro proibiu Pablo Pérez de exercer cargos públicos por dez anos. Ex-governador de Zualia, Pérez é o quarto político oposicionista a sofrer esse tipo de arbitrariedade nas últimas semanas.

Como disse Dilma Rousseff, na reunião do Mercosul, "não há espaço para aventuras antidemocráticas na América do Sul".

 

Lula tem de ser investigado na CPI do BNDES. Seu trabalho como lobista da Odebrecht é escancaradamente ilegal.



Lula tem de ser investigado na CPI do BNDES. Seu trabalho como lobista da Odebrecht é escancaradamente ilegal. Leia o que diz O Globo:

"Telegramas diplomáticos trocados entre chefes de postos brasileiros no exterior e o Ministério das Relações Exteriores, entre 2011 e 2014, indicam que as atividades do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em favor do grupo Odebrecht no exterior foram além da contratação para proferir palestras, diferentemente do que o petista e a construtora têm sustentado...

 

Inevitável impeachmente de Toffoli




Lava Jato: STF pede a Janot parecer sobre laços de Toffoli com empreiteiro

Teori Zavascki envia ao procurador-geral da República relatório da PF com mensagens que mostram proximidade de ministro do Supremo com réu da OAS

Por: Rodrigo Rangel

O ministro Toffoli e o empreiteiro Léo Pinheiro: festas de aniversário, presentes e visitas para tratar de assuntos de interesse da OAS, uma das principais construtoras envolvidas no escândalo da Petrobras(Beto Barata / Folhapress/Estadão Conteúdo)

O ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), enviou para o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o relatório da Polícia Federal com mensagens telefônicas que mostram a proximidade dos ministros Dias Toffoli, do STF, e Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), com o empreiteiro Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS e réu do petrolão. Léo Pinheiro estava preso até a semana retrasada. Foi solto por uma decisão apertada da 2ª Turma do STF – e, para isso, contou com o voto decisivo do amigo Dias Toffoli. De acordo com a Procuradoria Geral da República, Janot vai decidir até a semana que vem quais providências vai adotar no caso.

Reveladas por VEJA, as mensagens descobertas pela Polícia Federal nos telefones celulares de Léo Pinheiro mostram que o empreiteiro frequentava a residência de Dias Toffoli. Léo Pinheiro era convidado para as festas de aniversário de Toffoli, e aparece pedindo a um funcionário que providenciasse um presente para o ministro. As mensagens também citam uma reunião entre Pinheiro e Toffoli em 2013. Apesar da proximidade com o réu, Dias Toffoli não viu nenhum problema em participar do julgamento que o libertou.

Os arquivos coletados nos celulares de Léo Pinheiro foram reunidos em um relatório de 26 páginas, enviado sob sigilo a Teori Zavascki. Na semana retrasada, Zavascki encaminhou o documento para que Rodrigo Janot se manifeste sobre as providências a serem adotadas tanto em relação a Dias Toffoli quanto a Benedito Gonçalves.

Segundo a Secretaria de Comunicação da Procuradoria Geral, Janot está analisando o material. “A resposta deve ser encaminhada ao STF em até 15 dias”, informou a Procuradoria-Geral da República em nota na semana passada. O procurador-geral pode, por exemplo, questionar a participação de Dias Toffoli nos julgamentos relacionados à Lava Jato. Também cabe a ele solicitar a abertura de investigação sobre as relações tanto de Toffoli quanto de Benedito Gonçalves com o ex-presidente da OAS. Outra opção de Janot é engavetar o relatório: ele pode simplesmente propor o arquivamento do material.

No caso de Benedito Gonçalves, Janot pode sugerir a remessa do material ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O ministro do STJ trocava mensagens diretamente com Léo Pinheiro e costumava pedir favores diversos, inclusive para parentes. Benedito estava em campanha para ocupar a vaga deixada por Joaquim Barbosa no STF e, para realizar o que chama de “projeto pessoal”, chegou a pedir a “ajuda valiosa” do empreiteiro, amigo do peito de Lula. Gonçalves era um dos preferidos do ex-presidente para o posto.

A VEJA, Dias Toffoli afirmou por meio de nota que conhece Léo Pinheiro, mas que “não tem relação de intimidade e não se recorda de ter recebido presente institucional dele ou da empresa OAS”. O ministro não respondeu à pergunta sobre as visitas do empreiteiro a sua residência. Benedito Gonçalves, por sua vez, não se pronunciou

 

Premiado pelo empenho no desarmamento é preso ao fornecer armas aos traficantes



É, você não leu errado, é isso mesmo, o mesmo safado que pediu para você entregar sua arma, fornece armas para os traficantes. Este BANDIDO recebeu um prêmio da ONG Viva Rio, que é conhecida pelo ferrenho apoio ao desarmamento do cidadão de bem, e também por envolvimento em diversos casos de desvio de verbas e associação com traficantes.

Ou se prende o Lula ou se desmoraliza a Lava Jato


 
Leo Pinheiro prometeu passar à Lava Jato a lista de despesas da família de Lula custeadas pela OAS.
Um interlocutor do empreiteiro disse:
“Depois que o Leo falar, não tem como não prender o Lula. Ou se prende o Lula ou se desmoraliza a Lava Jato”.
 
 
.................

Senado recebe pedido de impeachment do ministro do STF Dias Toffoli




O responsável pela denúncia é o procurador da Fazenda Nacional Matheus Faria Carneiro, que ressaltou que realizou o ato na condição de cidadão, não em função de seu cargo

 A Secretaria-Geral da Mesa do Senado recebeu na tarde desta quinta-feira (9) uma denúncia de crime de responsabilidade contra o ministro José Antonio Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF). Se acolhida, ela pode resultar em processo de impeachment





Léo - o financiador do LULA. Amigão!!!




Leo Pinheiro, que segundo a Veja está negociando um acordo de delação com a Lava Jato, pagava as despesas da família de Lula. Claudio Dantas, da IstoÉ, explica que família, nesse caso, é um termo muito abrangente:

"Leo era quem cuidava das despesas pessoais do presidente, de familiares, amigos e amigas. Leo teria pago despesas de Rosemary Noronha".